Para Sempre Alice

Still Alice
Direção: Richard Glatzer e Wash Westmoreland
Elenco: Julianne Moore, Kristen Stewart, Alec Baldwin, Kate Bosworth, Shane McRae, Hunter Parrish
E.U.A, 2014


Para Sempre Alice, ou “Ainda Alice” na tradução literal, conta a história da renomada professora de linguística Alice Howland, casada, mãe de três filhos adultos, que após começar a esquecer as palavras, descobre que tem um raro caso de Mal de Alzheimer aos 50 anos; e para uma estudiosa como ela, o processo acelerado de deterioração se torna assustador. Assim serão momentos de dificuldade para Alice e sua família.

O filme é baseado no livro homônimo de Lisa Gênova, que é fundamental para quem conhece alguém com a doença, ou quer saber mais sobre ela; e, agora, o filme também torna-se necessário. Com poucas mudanças em relação ao livro, o filme do casal de diretores Richard Glatzer e Wash Westmoreland é também um filme da Julianne Moore, sua interpretação é o centro de tudo. E a intenção foi essa mesmo, pois tudo acontece pelo olhar de Alice, o processo de como ela se perde de si mesma e sua relação com a família.


Julianne Moore, que já levou quase todos os prêmios de interpretação que se possa imaginar, está indicada ao Oscar pela quinta vez, ela nunca levou a estatueta, mas dessa vez acredito que não passa, o Oscar é dela. Além de Julianne estar perfeita na composição da Alice, desde a fase da professora segura até já no estágio avançado da doença, esquecendo as coisas mais simples, sabe-se que o Oscar curte quando artistas fazem pessoas com doenças graves, ainda mais se afeta as faculdades mentais, assim agora vai, e merecidamente.

Julianne Moore, obviamente, fez todo um laboratório para se prepara para o papel, conversando com pessoas com Alzheimer e familiares, além de estudar muito sobre o tema. Uma cena muito boa é quando Alice se encontra com ela mesma, através de uma gravação que fez para si, ali se percebe a transformação, parece duas pessoas diferentes.


O filme tem outros pontos positivos: os diretores acertam em não caírem no dramalhão, as cenas com a família não são carregadas, tudo é mostrado com muita sensibilidade. O elenco de apoio - sim porque o restante é apoio, quase não há cena sem Julianne - não destoa, mas os que mais aparecem em cena são Alec Baldwin, como o marido que vai ter seus laços com a amada testados e Kristen Stewart, a filha que aparentemente distante, que se revela a mais próxima da mãe nesse momento de dificuldade; e Kristen está bem no filme, esqueçam os memes de internet, ela não é só a Bella.

Assim, Para Sempre Alice é um filme que merece ser visto, pelo tema e, sobretudo, por Julianne Moore.

Follow Cultura Pop A Rigor on Feedio

Espalhe:

Dré Tinoco

Post A Comment:

0 comments so far,add yours