Recentemente assisti dois filmes com a maravilhosa Sybil Danning e resolvi homenageá-la nessa seção.


O primeiro foi Battle Beyond The Stars (Mercenários das Galáxias em Terra Brasilis), divertida ficção B produzida por Roger Corman, que veio na onda de Star Wars e bebia também na fonte de Sete Homens e um Destino (que por sua vez era remake de Os Sete Samurais).


O segundo foi a podreira Grito de Horror 2 (Howling II), que é igualmente divertido, mas pelos motivos errados. Sybil vive Stirba, uma rainha lobisomem (ou seria lobislher?) maligna que solta raios laser e explode cabeças com a força da mente, huahuahua. No elenco ainda temos as ilustres presenças de Christopher Lee e Reb Brown, o melhor Capitão América de todos!


Danning nasceu Sybille Johanna Danninger na Áustria em 24 de maio de 1952, e estreou no cinema em 1968 na produção alemã Komm nur, mein liebstes Vögelein. Após alguns poucos papéis de destaque, como no faroeste italiano bem ruinzinho Arma Divina (God’s Gun de 1976, com os fodásticos Lee Van Cleef e Jack Palance), Sybil chegou em Hollywood em 1978, onde participou de Aeroporto 79 – O Concorde e Meteoro (1979). Em 1980 ela interpretou a valquíria espacial na produção de Corman.

Foi quando se tornou uma das musas dos filmes B da época, mostrando todos os seus talentos em variadas bagaças como Hércules 87 (que é de 1983), Os Sete Magníficos Gladiadores (1983), Grito de Horror 2 (1985), Reformatório de Mulheres (1986), A Rainha Guerreira (1987), entre outros. Ela também aparece em Amazonas na Lua (1987), filme episódico que parodia filmes de ficção científica. Fora isso, Sybil apareceu em várias séries de TV, como Duro na Queda, Superboy e V: A Batalha Final. Ela também foi capa da Playboy em 1983.




Após um hiato, na década de 90, devido a problemas médicos, Danning retornou ao cinema no ano de 2007 em Werewolf Women of a SS, um dos trailer falsos do projeto Grindhouse de Quentin Tarantino e Robert Rodriguez.

Cara, queria que isso virasse filme só pra ver o Nicolas Cage como o melhor Fu Manchu de todos, huahuahua. Sybil também apareceu no nefasto remake de Halloween (2007) de Rob Zombie e Vírus X (2010). Em 2011 ela também apareceu em um clipe da banda The Last Vegas.

Pra encerrar o post, os magníficos créditos finais de Grito de Horror 2


Espalhe:

Marc Tinoco

Post A Comment:

0 comments so far,add yours