Hoje vamos falar da atriz e princesa, Grace Kelly


Grace Patricia Kelly nasceu na Filadélfia em 12 de novembro de 1929. Ela estreou como atriz de cinema em 1951, com o filme Quatorze Horas (Fourteen Hours), mas já atuava no teatro desde os 12 anos de idade. Um ano depois de sua estreia, atuou em Matar ou Morrer (High Noon), clássico do faroeste, em que sua atuação foi muito elogiada.

Logo depois fez Mogambo, de John Ford, com o qual levou o Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante, em sua primeira indicação ao Oscar. Em 1954 fez seu primeiro trabalho com o mestre do suspense  Alfred Hitchcock, Disque M para Matar.


Daí em diante vieram filmes como Janela Indiscreta, Amar é Sofrer, pelo qual levou o Oscar de Melhor Atriz; Ladrão de Casaca, entre outros. Encerrou a carreira em 1956, com  Alta Sociedade; foram no total onze filmes.





Naquele ano se casou com Rainier III, príncipe-soberano de Mônaco, se tornando a princesa de Mônaco e abandonando a carreira de atriz. Grace de Mônaco passou a se dedicar exclusivamente à filantropia, coisa que já fazia antes, por exemplo, ajudando pessoas que queriam se dedicar a carreira artística. Também foi madrinha de instituições sociais como a Association mondiale des amis de l’enfance, criada pela própria princesa Grace, que visa ajudar crianças carentes.



Seus seis anos de carreira cinematográfica foram suficientes para torná-la uma lenda. Faleceu em 1982, aos 52 anos, devido a um acidente automobilístico. É até hoje considerada um ícone da moda e a “princesa mais bonita da história". Após seu falecimento, disse James Stewart: “Sem dúvida, vou sentir falta dela. Todos nós vamos. Deus te abençoe, princesa Grace.” 

Hitchcock, Grace e James Stewart

O livro “Grace of Mônaco” acabou de virar filme estrelado por Nicole Kidman (por razões óbvias), a família da princesa criticou  filme, alegando que se baseia em “referências históricas erradas e dúbias",

Espalhe:

Dré Tinoco

Post A Comment:

0 comments so far,add yours